Pagine

Clique para entrar

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Algumas curiosidades sobre a Itália e descendentes

Futebol

1-A Itália participou de seis finais de Copa do Mundo, atrás apenas da Alemanha e do Brasil. Ela foi campeã em 1934, 1938, 1982 e 2006.

2-A seleção italiana jogou cinco vezes contra o Brasil em Copas do Mundo. Foram duas vitórias, duas derrotas e um empate. 

3-A cor azul da camisa da seleção italiana de futebol é a cor da monarquia – apesar da Itália não ser mais uma monarquia. 

4-O Cruzeiro e o Palmeiras foram times fundados por italianos. Antigamente, o Palmeiras era conhecido apenas por Palestra Itália.

Imigração

1-O Brasil foi um dos países que mais receberam imigrantes italianos. Calcula-se que mais de 25 milhões de brasileiros tenha origem italiana, a maioria de imigrantes vindos das regiões do Vêneto, Campânia, Calábria, Lombardia e Abruzzo. 

2-Estados Unidos, Canadá e Argentina também receberam grandes levas de imigrantes oriundos da Itália. 

3-As regiões que mais receberam imigrantes italianos foram o Sudeste e o Sul. O Estado com maior porcentagem de descendentes de italianos é São Paulo. No início do século XX, dois de cada três moradores da capital paulista falavam italiano.

Pátria

1-A bandeira nacional da Itália é chamada de “tricolor”. Distribuídas em faixas verticais de iguais dimensões, as cores da bandeira são verde (que significa Liberdade), branco (Igualdade) e vermelho (Fraternidade). 

2-A Itália foi o país que ganhou o maior número de “Oscars” de língua estrangeira.

Religião

1-A maior parte da população (diga-se 87%) segue o catolicismo. Outros grupos religiosos: cristão ortodoxos, gregos ortodoxos e protestantes. 

2-Os santos católicos italianos mais conhecidos no Brasil: São Benedito, Santa Cecília, São Francisco de Assis, São Francisco de Paula, São Genaro (também conhecido como São Januário), Santa Inês, Santa Madre Paulina (que, apesar de ter nascido na Itália, viveu no Brasil), Santa Rita de Cássia, Santa Rosa de Viterbo (que dá nome a uma cidade do estado de São Paulo) e São Tomás de Aquino.

Culinária

1-Enquanto o brasileiro tem o costume de comer pão francês no café da manhã, os italianos mantém o de comer brioches. O brioche é uma espécie de pão doce recheado com creme. 

2-O panetone surgiu em meados do século XVII na região da Lombardia. Existem inúmeras versões para a sua origem. Uma das mais aceitas é a do padeiro Toni de Milão. Toni preparou um pão com massa doce e leve, acrescentou frutas e passas e começou a vendê-lo pela cidade. Foi daí que nasceu o Pane Di Toni, que mais tarde passou a chamar-se panetone. 

3-A legítima mussarella (em italiano, mozzarella) italiana é produzida com leite de búfala. 

4-Criada por imigrantes italianos, a linguiça calabresa não tem similar na Itália. Ela recebeu o nome da pimenta usada na sua composição. Por falar nisso, a linguiça é chamada na Itália de salsiccia. 

5-O salame é tipicamente italiano. O nome é derivado do verbo italiano salare, que significa salgar.

Outros

1-Existe na localidade de Salemi, na ilha da Sicília, um museu sobre a máfia. É o primeiro museu do mundo dedicado ao assunto. 

2-Os italianos não usam o sobrenome do meio. 

3-A Itália foi o país que ganhou o maior número de “Oscars” de língua estrangeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?Comente aqui e se possível inscreva-se.