Pagine

Clique no Player abaixo para parar a Rádio / Struca par fermar la ràdio

Clique para informações / Struca par informasion

sexta-feira, 19 de março de 2021

Sogno co`l nono - Ademar Lizot

Ascolta la stòria:


 

 

         

 Sogno co`l Noneto

   Gieri sera me go insonià co`l  Nono, Lo go visto de capeleto in testa e, molando par ària na fumana de so pipade.

   Bona sera, go ghe dito!

   E alora caro Noneto, come steo li sù, ntei confini del firmamento?  Lé fin un pecà che nò son mia bon de scoltarte, ma porta passiensa che  voglio dirte sora i pensieri che go adosso e, te sicuro che questa ciacola nò la va mia longa.

    Nono, bisogna che te sèpie, che qua zo in tera semo drio patir bruti tempi, parché el mondo el ze malà e despedi dei dotori, par fin quel ga cambià de posto par fermarse de soto de una bruta pandemia che la se slonga par depi d`ano, con patimento a tutiquanti, come sei fusse drio viver par sora d`un stragrando formigher, ma de quei pròpio cativi.

   Nò, no`l ze mia la gripe spagnola, quela de sti ani de quando Te zera giovenot, questa  l`é nantra, pi cativa, pi crudele, che porta via  vècii e bambini, tutiquanti sensa poder tirar el fià e, l`umanità sacrificà parvia de questa soferansa camina sensa coraio e sensa speransa, soto el pianzamento de tante ànime che ga sparì.

   Si, caro nono, Lo so che un omo no`l pianze, anca del pupà go scoltà che un omo no`l se lamenta,  nò ocore mia spiegarme el vero senso de questa frase e, gnanca farme ricordar  che  nò go mia el mèdesimo  coraio che Ti e to fiol gavea, ma bisogno dirte che se go el semblante cossì triste, l`é parvia dela aflission e angustia che porto rento del peto, aflission par tanta gente  drio morir in agonia e, angustia parché l`umanità nò le mia bona de capir  che questa pandemia l`é un  mensàgio dela Divinità par tutiquanti  cambiar la so condota, par la vita esser pi semplisse e fraterna, parché nò se pol mia viver de sta manera, a rabalton, scarsi de sentimenti e, alontanadi dei insegnamenti de Nostro Signor Gesù Cristo.

  Gràssie infinite caro Noneto, par scoltàrme con passiensa e, adesso con vostro permesso  indenòcio  m`anima par dir na Ave Maria a la Madonina, domandar la so intersession, par cavar fora  el mondo  de questa bruta aflission.

Ademar Lizot.

(trad.)                    Conversa com o Nono

    A noite passada sonhei com meu Avô, mais o menos assim lhe falei...

    Boa noite, como estas ai nos confins do firmamento? Sim, sei que não posso ouvir-te, mas ainda assim necessito dizer-te da aflição que tenho no peito e, te garanto de ser breve.

   Nono, preciso que saibas que aqui na terra estamos passando por maus momentos, pois o mundo trocou de ponta e, se posicionou abaixo de uma cruel pandemia que a mais de um ano se alonga levando sofrimento ao povo.

  Não, não é a gripe espanhola, aquela que veio no século passado quando Tu eras jovem, esta é mais braba e, como aquela mata pobres e ricos todos sem poder respirar e, assim a humanidade sacrificada caminha sem coragem e sem esperança.

Prezado Nono, aqui em baixo está terminando este verão de dias sombrios em que a tristeza fez brotar um pranto sentido.  Sim, eu sei que um homem não chora, pois de meu pai também escutei que um homem não se lamenta, não precisa nem me explicar o sentido desta frase e, nem lembrar que minha coragem não é nem a sombra da de meu pai, mas saiba que meu semblante é tão tristonho porque trago dentro do peito aflição e angustia. Aflição por ver tantos inocentes morrer em completa agonia e, angustia por sentir que a humanidade ainda não entendeu que esta pandemia é um sinal, uma mensagem da Divina Providencia para que mudemos nossas condutas, para que a vida seja mais simples e fraterna, entender que não podemos viver assim sem sentimentos e distante dos ensinamentos de Nosso Senhor Jesus.

 Muito te agradeço meu Nono, por teres me escutado com paciência e, agora te peço licença para botar minha alma de joelhos e rezar uma Ave Maria, para que a mãe Aparecida, com a sua intercessão libere o mundo desta aflição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?Comente aqui e se possível inscreva-se.