Pagine

Clique para entrar

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Bon prinsìpio nel véneto una curiosità per Leonardo Quaggiotto

Talian


Sta qua la xè ‘na filastrocca che, nei primi ani del secolo 1900, i tosati cantava ndando far gli auguri de Bon Ano in giro par le case. Le tose non ndava parchè portava sfortuna.
La me la ga cantá la me mama de 89 ani, che la ghe xè vegnú in mente dopo che ghe le go leto l’articolo sul vostro sito dei auguri de Bon Prinsipio (Spùncia per veder).
La me ga dito che la xera una dele tante storie e filastrocche che so nono, nato nel 1874, el contava la sera torno el fogolaro, in pratica na specie de filó, a ela e ai so ondese fradei e sorele.
Mentre la cantava lo go filmá e la me ga dito che posso mandarvelo.

Filastrocca di capodanno

Bon dì e Bon Ano,
sento ducati al’ano,
da metare in cioca, (xera un modo par dir che se meteva via i schei, come la galina -cioca- la scondeva i ovi par covarli)
de Nadale un’oca,
de Carnevale un porseo,
de Pasqua un bel agnelo,
par ingrasare l’usignola,
se magna pan e sosolo, (quando se fa lo struto dal graso de porseo, i tocheti de graso che non se desfa se ciama “sosoli”)
ghe stà un bel garofolo,
e vú madona sana, (suocera)
con chela rocheta de cana,
che fila de so posta (da sola) ,
El pan sensa grosta,
el vin da tre ani,
nà giovanina de quindes’ani,
quindes’ani sia,
e deme la bona man (mancia) che vado via.


Português


Esta é uma canção infantil que, nos primeiros anos do século 1900, os garotos cantavam indo para as casas vizinhas por desejarem Bom Princípio. As moças não podiam, porque teriam má sorte.
Quem me contou foi minha mãe de 89 anos, porque lembrou-se dela depois que eu li para ela o artigo do Site Brasil Talian sobre o  “Bon Prínsipio” (clique para ver).

Ela contou-me que essa era uma das tantas canções infantis que seu avô, nascido no 1874, contava para ela e seus onze irmãos e irmãs, nas tardes perto do fogão (praticamente uma especie de filó).
Enquanto ela cantavam eu fiz um video, e ela autorizou-me a compartilhar com vocês aqui no Site Brasil Talian.

Canção de ano novo

Bom dia e Bom Ano,
cem moedas cada ano,
para guardar no cofre, (“da metare in cioca” era uma expressão para dizer que cuidava-se do dinheiro, como a galinha cuidava dos ovos)
no Natal um ganso,
no Carnaval um porco,
na Páscoa um lindo cordeiro,
para engordar a rouxinola,
se come pão e “sosolo”, (torresmo)
fica bem um lindo cravo,
e você minha sogra,
com aquele carretel de cana,
que sozinha faz a lâ,
o pão sem casca,
o vinho de três anos,
uma garotinha de quinze anos,
quinze anos mesmo,
e dêem-me uma gorjeta que vou embora.

Por: Leonardo Quaggiotto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?Comente aqui e se possível inscreva-se.