Pagine

Clique no Player abaixo para parar a Rádio / Struca par fermar la ràdio

Clique para informações / Struca par informasion

quinta-feira, 20 de maio de 2021

Una Casa Tricolore - Ademar Lizot

 Ascolta la stòria strucando soto:


 

           

       Una Casa Tricolore. (Per Ademar Lizot)

   L`éra una casa fata de taule de pin, con finestre e porte de cedrin. Verdo, bianco e rosso, i so colori el medèsimo tricolore del pano Italiano. Par rivar a ela, strada veramente no gavea mia, gavea solche un trodo pien de carchesa e rampeghina, dopo se passea par un un bosco e, un rieto de aqua cristalina che corea par sora de sasseti sintilanti, tanto pressiosi, tanto bei che incantea tutiquanti. 

   Traverso le sfese dele so parede se podea veder el firmamento con la luna che s-ciarea nostra ànima d`argento.  Pròpio scarsa zera  la mobìlia, gnancaun sofà no la gavea mia, careghe cinque o sèi, parché el paron l`éra scarso de schei e, picadi ntele parede dela stansa, insieme dela imàgine dela Sacra Fameia, gavea i retrati dei antenati.  Television no gavea,  solche un vècio ràdio movesto a bateria.  Ntela cosina, geladera e liquificador, no gavea mia, gavea solche una tàula  ndove se magnea pieni de alegria e, par acomodar i piati e pignate gavea un armàrio, vècio e storto come  l`ànima de Ponsio Pilato. Bela l`era l`casseta dela legna postata dadrio del fogon, anca quel belo, tuto smaltà e de bon fero, sempre co  la fumana drita al cielo.  Tacà a la cosina, impiantadi in vasin, gavea i pi importanti condimenti; sàlvia, basìlico e rosmarin e, ntel orto ben coltivà  gavea de tuto; salata, radicii, anca ravanel rùcola e carote, se comprea solche sùchero, petròleo e cafè. De na banda  gavea el vignal e de quel'altra el giardin con l`é più bele orchiedee, gilii e rose de`n sublime bianchin e, in torno sempre in giro,  gavea el cangnet e  el gatin  insieme de na mùcia de galine,  la pi  cativa zera l`cioca grisa, guai ndar darente dei so pitini, fin el gal, quel ze el paron del teren  gavea paùra.

     De pi o de meno, questa la imàgine che go conservà ntele mie retine dela casa tricolore e, dentro dela mia scatòla dei ricordi la riposa, sìmplece e sensa lusso, anca bela e imponente visina al bosco e al rieto de àqua cristalina che corea par sora de sasseti sintilanti che incantea a tutiquanti.

Ademar Lizot.

                    Uma Casa Tricolor

Era uma casa simples, feita de tábuas de pinho e janelas e portas de cedro. Verde branco e vermelho suas cores, o mesmo tricolor da bandeira italiana. Junto a ela tinha um bosque e um riacho onde a água cristalina corre por sobre pedrinhas cintilantes, tanto preciosas, tanto belas que encantam a todos.

  Através das frestas de suas paredes se pode ver o firmamento com a lua iluminando de prata nossa saudade.  Era uma casa desprovida de mobília, nenhum sofá, somente cinco ou seis cadeiras, aquelas com assento de palha, mas pendurado na parede da sala, junto da imagem da Sagrada Família estão os retratos dos antepassados. Televisão não existia, somente um rádio a bateria. Na cozinha nunca se viu geladeira e liquidificador, somente uma mesa grande, sempre com a família reunida em torno. Para acomodar as panelas e pratos, tinha um armário, velho e torto igual a alma de Pôncio Pilatos. Mas a caixa da lenha era nova e bela, igual o fogão esmaltado e de bom ferro, sempre mandando fumaça com direção ao céu. Junto a cozinha, plantados em canteirinhos tinha os mais importantes condimentos, salsa, alho e alecrim e, na horta bem cultivada tinha de tuto, salada, radicii, rúcula, cenoura e rabanete.  Ao lado direito tinha o vinhal e no esquerdo o jardim, com orquídeas, rosas, hortênsias e margaridas. Em torno sempre girando estão as galinhas, a mais braba é a choca carijó, ninguém chega perto de seus pintinhos, até mesmo o galo que se acha dono do terreno a respeita.

  Mais ou menos assim é a imagem que conservo em minhas retinas, daquela bela casa tricolor e, nas minhas mais caras recordações ela repousa, simples e sem luxo, mas também bela e imponente, vizinha ao bosque e a riacho de agua cristalina que corre sobre pedrinhas cintilantes que encantam a todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?Comente aqui e se possível inscreva-se.