Pagine

Clique no Player abaixo para parar a Rádio / Struca par fermar la ràdio

Clique para informações / Struca par informasion

sexta-feira, 4 de junho de 2021

Campo dei Bulgari

Ascolta el audio strucando de soto:



 

 


                                          Campo dei Bulgari

          Questo relato l`é fondamentà ntel libro dela fameia Lisot, de autoria de Adroaldo Chanan e, el ga in realtà sucedesto nel mese giugno del remoto ano de 1882, quando Giosuè Lisot, un imigrante oriundo de Bellun nort d`Itália el ga rivà al Rio Grande del Sud e, al disbarcar, come tuti altri imigranti el ga dito:.. So de quelaltra banda de mar e, domando permesso par disbarcar, del paese d`ndove so vignesto nò podea pi soportar, laorea par el magnar e ancora cossì, fame tochea de passar!”  Insieme el gavea l`sposa Domenica e, trè fioi picinini.  Dopo de`n perìodo ntela cità de Porto Alegro, i ga imbarcà nel vapor che ndeva fin al porto ‘Guimarães’, tacà su a l`riva del fiume ‘Cai’, ndove gavea el condotor par guiarli in serca de so destin final; 90 km alontan, ntela serra gaussa. Nte quel tempo, strada veramente, no ghen zera, gavea solche un trodo, quei bulgari  gavea verto fora par ndove ormai se podea passar solche a piè o a caval e, i ghe metea na mùcia de giorni par far quel percorso.

     Al s-ciarir del di i ga scominsia el viaio e, nte quel ano el inverno se gavea presentà piovoso e gelà,  alora i ga sentisto cosa che l`é el vent ‘minuano’, che vien del fondo dele giassere dela Patagonia e, sùfia gelà e tanto furioso, che fà la piova cambiar de diression. Parea fin quei zera drio scampar via de`n flagelo. I fea pochi km al giorno parvia dela dificultà de caminar traverso dela fòresta vèrgine, par una stradeta piena d`insidente, menando su par l`spale l`valise dele robe e, sempre atenti par nò pestar doso ntei spin o qualche bissa velenosa.  

     Giosuè l`éra un omo dissiplinà e  d`ecelente constituission fìsica, el gavea imparà a sopraviver su par i monti del paese Veneto e, questa  speriensa la ghe ga dato forsa e coraio par guidar la fameia e, insieme dela sposa el ga serca de proteger i fioleti, l`bambina Rosa Maria i la involvesta nte`n manta d`lana e, i tosatei Amadeo e Umberto, co l`giachetina e, co`l capeleto sbassà, squasà fin ntei òcii.

     Dopo de 12 giorni de viaio i ga rivà al ‘Campo dei bulgari’, località ndove dopo se ga alsa sù la bela cità de Cassias del Sud e, la i ze stati acomodadi nte`n stragrando baracon, sensa gnancaun conforto e privacità, fin che`i ga fato el  confe-rimento dei documenti, par esser incaminadi a l`tera determinata per l`agente del goerno Imperial; lote 12 dela traversa Aliansa dela  lègoa 9, che di d`ancoi ze la località de San Giàcomo, visina al rieto ‘Tega.’

      I primi mesi I ga passà rento de una caseta querta de paia e, i gavea el sentimento de ritornar al paese de nassità, però questo l`éra impossìbile, alora i ga capi che l`Itàlia nò la zera pi la so mama, la zera solche na maregna che ga restà contenta quando i ga ndato via dei so piè e, cossì presto i se ga abituà ai costume dela Provìnsia de San Piero, che gavea acoiesto tutiquanti rento de so cuor.

 

Ademar Lizot.

 (Trad.)                              Campo dos Bugres

 

       Este relato é baseado no livro  da família Lisot de autoria de Adroaldo Chanan e, realmento aconteceu no transcurso do mês junho do remoto ano de 1882, quando o imigrante Giosué Lisot oriundo de Belluno, Itália, chegou no Rio Grande do Sul e, como todos os outros imigrantes falou:…”-Venho de longe e peço licença pra desembarcar, pois o país de onde vim não podia mais suportar, trabalhava pelo sustento e ainda assim  fome tinha que passar.” Junto tinha sua família, a espôsa Domênica e, três filhos pequenos. Depois de alguns dias na cidade de Porto Alegre, embarcaram no vapor com destino à ao ‘Porto Guimarães’ nas barrancas do rio ‘Cai”, onde estava o condutor para guialos  ao  destino final, 90 km distante, na serra gaucha e, estrada não existia, havia somente uma picada aberta pelos bugres e, para fazer aquele trajeto eram necessários vários dias.

      Ao amanhecer iniciaram a viagem e naquele ano o inverno se apresentou úmido e gelado, então sentiram a inclemência do vento minuano que vem do fundo das geleiras da patagônia e com  fúria assobia, faz a chuva mudar de, torna-a horizontal, penetra entre as dobras das roupas, enregela o nariz e os dedos.  Quem os via assiuem caminhando tinha a impreção  estavam fugindo de um flagelo e, assim percoriam poucos km por dia poise ram grandes as dificuldades de caminhar através da mata virgem, por uma picada cheia de imprevistos e, sempre atentos para não pisar em algum animal peçonhento.

    Giosué era um homem de excelente constituição física, pois tinha aprendido a sobreviver nas montanhas do norte da Itália e isto lhe deu força e coragem para conduzir sua família e proteger seus filhos, Rosa Maria uma bebe ainda de colo, foi envolvida numa manta de lã  e os meninos Amadeo e Umberto, com seus casacos e os chápeus fixos na cabeça abaixados até os olhos.

   Depois de 12 dias de caminhada chegaram ao ‘Campo dos Bugres”, atual cidade de Caxias do Sul. Então foram acomodados num grande baracão, sem nenhum conforto e privacidade, até que fizeram o conferimento dos documentos para serem encaminhados à terra destinada pelo agente do governo imperial; lote 12 da travessa aliança da légua IX, atual localidade de San Giácomo, junto ao riacho ‘Tega”.

  Os primeiros mêses passaram dentro de um ranchinho  coberto a capim e o sentiment predominante era de retornar a sua terra natal, mas isto era impossível, então compreenderam que a Itália não era mais a sua mãe, era sómente uma madrasta que ficou contente com os viu indo embora e, assim logo adotaram os costumes da terra que os acolheu dentro do coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?Comente aqui e se possível inscreva-se.