Pagine

Clique para entrar

domingo, 4 de dezembro de 2016

A Maldição do Padre

Você que é leitor assíduo do blog deve lembrar que outro dia postei sobre um presente que ganhei, na verdade dois, isso mesmo ganhei de presente dois livros de Ivo Gasperin (Se não viu, clique aqui).
Hoje então quero falar um pouco com minhas próprias palavras do livro "A Maldição do Padre". Não estou aqui querendo puxar o saco do autor por ter me presenteado não, mesmo eu tendo gostado muito, mas esse livro me fez chorar, não tenho vergonha em falar. Me identifiquei muito com a história porque eu já vivi um pouco do que o protagonista Fernando vive na história, e mais. Já trabelhei no local onde o livro se passa, então entrei de cabeça na história.

                                                                    A Maldição do Padre

Fernando, um dos protagonistas da história, deixa Esmeralda sua cidade para ir até o "Caravaieto", localidade de Flores da Cunha-RS a trabalho, la se apaixona por Marlene que muda completamente sua vida, mas como disse que vou utilizar minhas palavras, não vou resumir a história porque quero que você leia o livro. Mas quero falar do modo em que ela acontece, isso sim.
Como disse, locais como Otávio Rocha, Mato Perso, Caravaggio, Flores Da Cunha e outros são cenários da história. O livro fala da lida com parreiras, dos trabalhadores que se deslocam de outras cidades para o trabalho temporário da colheita da uva. Relata a vida simples dos imigrantes, o modo como falam, se vestem, cultivam a religião. Por falar em religião aí é que o forte da história acontece. Tudo o que de errado acontece nesse povoado é atribuído a uma antiga "Praga que um padre havia rogado".

Enfim, confusão em família, amores, muuuito amor, filhos, conquistas, e muito mais te esperam nesse livro. Além de acontecimentos históricos como a chegada da energia elétrica, da televisão preto e branco e do telefone residencial. Eu já disse que não quero resumir a história senão acaba a surpresa, mas pode ter toda a certeza, eu adorei o livro e se você ler vai gostar também, então se tiver interesse em adquirir o livro entre em contato com a gente que eu falo com o escritor.

Para finalizar eu diria que uma estória acontece baseada encima de uma história. Porque o cenário é real, muitas pessoas e comércios são reais e muitos personagens românticos entram em cena para mesclando-se com a história real dessas colônias de imigração italiana.

Postagem: Jaciano Eccher

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?Comente aqui e se possível inscreva-se.