Pagine

Clique para entrar

terça-feira, 3 de março de 2015

La mamma di Rosina/ A mãe de Rosinha

Para ver letra e tradução de outras musicas clique aqui.
Para baixar essa musica clique aqui.

Ascolta la canzone/Ouça a música...
                                                

                                                          Italiano( I Girasoli)


La mamma di Rosina era gelosa,
bim bum bam, ciapa al coltel, taia zo el salam,
Rosina amami, per carità,
nemmeno a prender l'acqua,
con gli occhi bianchi e neri,
nemmeno a prender l'acqua la mandava.

Un giorno si alzò presto e andò al mulino,
bim bum bam, ciapa al coltel, taia zo el salam,
Rosina amami, per carità,
un giorno si alzò presto,
con gli occhi bianchi e neri,
ma trova il molinaro addormentato.

Te sveia molinar che è fatto giorno,
bim bum bam, ciapa al coltel, taia zo el salam,
Rosina amami, per carità,
te sveia molinaro,
con gli occhi bianchi e neri,
che devo macinar questa farina.

E già che sei venuta mia Rosina,
bim bum bam, ciapa al coltel, taia zo el salam,
Rosina amami, per carità,
ti voglio macinare,
con gli occhi bianchi e neri,
ti voglio macinare fina, fina.

E mentre che la mola macinava,
bim bum bam, ciapa al coltel, taia zo el salam,
Rosina amami, per carità,
se la stringeva al petto,
con gli occhi bianchi e neri,
se la stringeva al petto e la baciava.

Sta fermo, molinaro, con le mani,
bim bum bam, ciapa al coltel, taia zo el salam,
Rosina amami, per carità,
io tengo sei fratelli,
con gli occhi bianchi e neri,
io tengo sei fratelli, ti uccideranno.

                                                                                    Tradução para português



A mãe de Rosinha era ciumenta,
bim bum bam, pega uma faca, corta o salame,
Rosina me ame, por caridade,
Nem mesmo pegar água,
com olhos brancos e negros,
Nem mesmo pegar água, ela mandava.

Um dia,levantou cedo e foi no moínho,
bim bum bam, pega uma faca, corta o salame,
Rosina me ame, por caridade,
um dia levantou cedo,
com olhos brancos e negros,
mas encontra molinheiro dormindo.

Acorda molinheiro que já é dia,
bim bum bam, pega uma faca, corta o salame,
Rosina me ame, por caridade,
Acorda molinheiro,
com olhos brancos e negros,
Preciso moer este farinha.

E já que viestes em minha Rosinha,
bim bum bam, pega uma faca, corta o salame,
Rosina me ame, por caridade,
Eu quero moer,
com olhos brancos e negros,
Quero moer bem fina.

E enquanto o rebolo moe,
bim bum bam, pega uma faca, corta o salame,
Rosina me ame, por caridade,
A apertava contra o peito,
com olhos brancos e negros,
Apertou-a contra o peito e a beijou.

Afaste-se, molinheiro, com as mãos,
bim bum bam, pega uma faca, corta o salame,
Rosina me ame, por caridade,
Eu tenho seis irmãos,
com olhos brancos e negros,
Eu tenho seis irmãos, eles vão matá-lo.

Obs: La mamma di Rosina é uma música de origem Milanese, nesta versão ela está praticamente no italiano gramatical com exceção de algumas palavras como por exemplo "Ciapa" que no italiano gramatical seria "prende".

Postagem e tradução: Jaciano Eccher.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?Comente aqui e se possível inscreva-se.