Pagine

Clique para entrar

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Casa do Papai Noel já é tradição em Constantina-RS

Na noite do último domingo (11), ocorreu a tão esperada chegada do bom velhinho a Constantina, que ocorreu em frente a casa do Papai Noel, na ocasião, estiveram presentes várias pessoas, famílias e principalmente crianças, vieram prestigiar essa festa, que já é tradição na cidade. Foi encenado um presépio,onde foi contado a história do verdadeiro símbolo do natal, o nascimento de Cristo.

Após foi sendo passado em um telão, imagens de outros anos em que o Papai Noel esteve na cidade, onde as crianças que apareciam que ali apareciam, eram chamadas a frente do público, para ouvirem uma mensagem especial. Ao final, chegou o momento mais aguardado da noite, o Papai Noel chegou encima de um carro vermelho, juntamente de seus assistentes e foi imediatamente cercado pelas várias crianças que ali se faziam presentes, os adultos também recepcionaram o bom velhinho, com uma salva de palmas, em seguida, as crianças receberam balas e puderam fazer seus pedidos ao Papai Noel, a casa ficará aberta por muitos dias, não perca a chance de conferir de perto o encanto e simplicidade que mais uma vez se fez presente..

Como tudo começou?


A Casa do Papai Noel de Constantina, já virou um ponto turístico e tradicional da cidade a pelo menos 23 anos, graças a Dona Inês Marcon, que foi a primeira a vestir a roupa vermelha, começou apenas como uma brincadeira, já que na época não se conhecimento de como se confeccionar uma roupa desse “modelo”, e a Dona Inês era a única da região que confeccionava. Um ano depois, a Dona Inês passou por um Câncer, durante o tratamento fez uma promessa, que se caso se curasse, ela organizaria todos os anos, a festa e enfeitaria a casa, fazendo com que mais e mais crianças da cidade, pudessem sonhar e se encantar com essa data tão bacana, o que deu muito certo, já que são várias gerações que já presenciaram e ainda compartilham a Casa do Papai Noel e todo o seu valor para a cidade.

Segundo Dona Inês Marcon, a comunidade de Constantina sempre foi a principal ajudante para a realização das edições anuais da Casa do Papai Noel, a comunidade sempre se dispõe a ajudar nas confecções, dos enfeites, roupas e na organização do espaço, graças a essa cooperação, é que se pode, a cada ano, melhorar ainda mais, nos detalhes e no acabamento da obra.

A medida em que foram passando os anos, foi sendo procurado desenvolver melhor e aperfeiçoar as edições da Casa do Papai Noel, desse modo, foi criado o Grupo Ricordo Della Itália, pela própria Dona Inês, que também auxilia em muito, para a concretização desse sonho, a cada ano.

Texto: Constantinaweb/Gizele Lazzaretti
Imagens: Gizele Lazzaretti

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?Comente aqui e se possível inscreva-se.