Pagine

Clique para entrar

RÁDIO AMICI DEL TALIAN NO AR

quarta-feira, 13 de março de 2019

Risotto all'Osteria - Le Mondine

Para ver letra e tradução de outras músicas. clique aqui
Para baixar essa música, clique aqui.

Dialeto Lombardo

Chi è chel dis che il vin l'e fa mal l'è tuta gente l'è tuta gente

Chi è chel dis che il vin l'e fa mal l'è tuta gente del l'uspedal
Io ne ho bevuto tanto e non m'ha fatto male e l'acqua si che fa male il vino fa cantar.

Quel che la va ga ben che la va ga mal siamo il fior della gioventù
pensiamo ma ga bevi, pensiamo ma ga bevi
Quei che la vaga ben che la vaga mal siamo il fior della gioventù
pensiamo ma ga bevi bevi anche tu.

Bomba e ribomba si ne l'ora di cambiar vela, l'amor l'è semper quela l'amor l'è semper quela
Bomba e ribomba si ne l'ora di cambiar vela, l'amor l'è semper quela e sempre lo sarà.

Napoleone faceva l'oste e Garibaldi il cantiniere e la Regina dell'inghilprussia
l'è ghe lavava giù il biccer.
Era sbronzo quel mortaio che nel fango sprofondò 
ma il fiaschietto era d'acciaio e il barbera si salvò.

Barbera, barbera siamo tutti figli tuoi
E se non sarà stasera sarà poi quando vuoi
E e non sarà stasera sarà per quando vuoi.

Gavevi una murusa in piasa Baracca
Che là mangiava il fè quantu una vaca 
che passa via il dutur de l'uspedal
el gh'ha ordinàa la cura del giazz artificial.
Ohèj l'è bell e l'è bón e l'è san
l'è san come 'l corall
viva la macchina viva la macchina
Ohèj l'è bell e l'è bón e l'è san
l'è san come 'l corall
viva la macchina del jazz artificial.

Tradução para português

Quem é que diz que o vinho faz mal, são todas as pessoas, são todas as pessoas
Quem é que diz que o vinho faz mal, são todas as pessoas do hospital
Eu bebi muito e não me fez mal, a água sim que faz mal, o vinho faz cantar

Aqueles que vai bem, que vai bem, que vai mal, somos a flor da juventude
pensamos que ela bebeu, pensamos que ela bebeu
Aqueles que vai bem, que vai bem, que vai mal, somos a flor da juventude
pensamos que ela bebeu, beba você também.

Bomba e ribomba se na hora de trocar de roupa, o amor é o mesmo
Bomba e ribomba se na hora de trocar de roupa, o amor é o mesmo e sempre será

Napoleão era o proprietário do boteco e Garibaldi o garçom e a Rainha da Inglaterra e Prússia ( na Polônia)
lavava os copos
Estava bêbado aquele canhão que no barro se afundou 
mas o frasco era de aço e o vinho se salvou
.

Barbera (tipo de vinho), barbera somos todos teus filhos
E se não for essa noite será quando quiser
E se não for essa noite será quando quiser

Tinha uma namorada na Praça Baracca
Que comia como uma vaca
Que passou o doutor do hospital
ele ordenou a cura através do gelo artificial.
Oba!, está linda, esta boa está sã
Está sã como um coral (coral do mar)
viva a máquina, viva a máquina
Oba!, está linda, esta boa está sã
Está sã como um coral
viva a máquina de gelo artificial.



Postagem e tradução: Jaciano Eccher.

Agradecimentos: Ivo Gasperin/Grupo Ricordi pela sugestão de postagem e Giovanni Novello pela ajuda com a tradução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou?Comente aqui e se possível inscreva-se.

txt

google.com, pub-2838464224155337, DIRECT, f08c47fec0942fa0