Pagine

Clique para entrar

sexta-feira, 27 de março de 2015

Tradimento per amor (Ciacola)

Go catà questa nel giornal "A Vindima"...
                                       (Per veder mèio spùncia el ritrato che el diventa grando)




Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

segunda-feira, 23 de março de 2015

La Lavanderina/ A Lavadeirinha

Para ver letra e tradução de outras músicas clique aqui.
Para baixar essa música clique aqui.

Veja o vídeo/Guarda il video... 



                                                                                                        Italiano




La bella lavandaia verso il fiume cantando va
Scende de la colina fresca de la mattina
Porta la cesta piena, quanti panni andrá a lavar
Lunga è la giornata, lunga un’eternità

Il sole sta per tramontar
Lavanderina torna al tuo casolar
Quelle mani gonfie come fai?
Ti fanno male più che mai.
Si lontano appare là
Il tuo villaggio e l’uomo che aspetta già
Sulla porta mentre il giorno muor
Soltanto un bacio com il tenero dolor

La bela lavandaia verso il fiume cantando và
Quel canto si diffonde dal fiume sulle sponde.
Come uma cantilena fino a sera ripeterà
Sempre quel ritornelo lungo un’eternità

Il sole sta per tramontar
Lavanderina torna al tuo casolar
Quelle mani gonfie come fai
Ti fanno male più che mai.
Si lontano appare là
Il tuo villaggio e l’uomo che aspetta già
Sulla porta mentre il giorno muor
Soltanto um bacio com il tenero dolor

                                     Tradução para português

A bela lavadeira contra  o rio vai cantando
Desce da montanha fresca de manhã
Traz cesta cheias, quanta roupa vai lavar
Longo é o dia, longo uma eternidade.

O sol está prestes a se por
Lavadeirinha volta para sua casa
Aquelas mãos inchadas como faz?
Doem mais que nunca.
Sim, longe aparenta ser
Em seu vilarejo o homem está te esperando
Na porta enquanto o dia morre
Apenas um beijo com carinho e dor.

A bela lavadeira contra  o rio vai cantando
Essa música se espalha do rio a suas margens
Como uma cantorinha atá a noite repetirá
Sempre aquele refrão longo uma eternidade.

O sol está prestes a se por
Lavadeirinha volta para sua casa
Aquelas mãos inchadas como faz?
Doem mais que nunca.
Sim, longe aparenta ser
Em seu vilarejo o homem está te esperando
Na porta enquanto o dia morre
Apenas um beijo com carinho e dor.

Postagem e tradução: Jaciano Eccher.

Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

quinta-feira, 19 de março de 2015

La Anguana sposata (talian)

Para ver o vídeo do texto abaixo narrado pela Taís Manfrin, clique aqui!

A una centinàia de ani indrìo, un toso tornando dea pesca, num sabo sera, ga trovà una bela tosa con ei cavéi lunghi e bèi, lori scomìnsia ciacolar e sùito ei se ga inamorà. El toso inpassionà domanda a ela de vegner catarla nantra volta e ela la ghe dise che lu el podesse vegner li in quela lìssia ogni sabo se el volesse, ma mai vegner in altri di.
Cossì el ga fato per un per de mesi, sempre al sabo el ndéa catarla per smorosarla,ma el tempo passa e lu sempre piu inpassionà, un vendre lu zera casa drio pensar nela so morosa quando vien una vóia granda de véderla, el ciapa el caval e va pela strada ma quando riva ntéa lìssia che zera da star la so amata lu vede meza dona, meza bissa, del fianco in su zera la so morosa, ma del fianco in zo zera la piu bruta bissa che l’gavesse visto.

Lu ghe da un salto par de drio spaventà con quelo che el vedéa ma non credéa veder, e quando el ndéa scampar via de paura la ghe ciama e ghe raconta la stòria, la dise che la zera una Anguana de doménega a vendre e nel sabo la diventéa una dona bela, perquel che la voléa che lu ndesse catarla solche in quel di, ma la ghe giunta ancora, se qualchedun sposarme divento dona bela per sempre.
El toso parla con la so faméia e raconta cosa gavéa sucesso, nissun voléa che lu se sposesse con quela “befana” come ei diséa, ma lu pensa, e in scondion dei soi el desside sposarla. De quel di in vanti la ze diventada una bela dona de cavéi lunghi, ei ga biu tre bei fiói, anca la faméia de lu ga dimandà mila scuse, e tuti se ga fin desmentegà che un giorno lontan quela bela gióvane zera la Anguana.

Postagem: Jaciano Eccher/imagens da internet.

Obs: “Anguane” ze done che apare ai pescatori e le lavandàie. La stòria ga le due bande, una dise che le Anguane sono befane brute con pie de càura o cóa de bissa. La nantra banda dela stòria dise che la Anguana ze una dona bela che incantéa ei pescatori che li vardesse, a la sera le diventéa anca lavandàie e ndéa lavar robe nele so lìssie, ma quando scominsiéa el di lore sparìvano.




Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

quarta-feira, 18 de março de 2015

Seconda lession de TALIAN a Ronda Alta

Indiane de Oliveira (E) e Tais Manfrin (D)
Ga sucesso marti, 17 de marso, la secoda lession de TALIAN a Ronda Alta-RS, e qua vi metemo ei ritrati per tuti veder, tuti ei ze pròprio bravi, ma vui parlar qua, de TaisManfrin e anca de Indiane de Oliveira, le studente piu zovane del corso con 10 e 7 ani respetivamente. Cièi, zovani e "zovani a piu tempo" come ga dito un di un radialista del talian, tuti ensieme drio imparar talian, tuti facendo la so parte per manar avanti una léngoa, una stòria e soratuto un pòpolo.
Nantri scominsiemo la lission sempre ascoltando e cantando ensieme el Ino del Pòpolo Véneto. Dopo ogni lession ghe ze anca una canson, dove se canta, se lesi e se fa la tradussion. Generalmente le cansone taliane ghe ze la lètera che raconta una stòria, alora se parla anca sora questa stòria, e cossì se scomìnsia studiar questa meraveliosa léngoa.

Dopo che te ghe visto tuti i ritrati, spùncia qua per veder ritrati dela prima lession.
Tais e Tarciana Manfrin (mama e fiola)

Everaldo Junior

Eledi Bernardi

Rita e Marivete Gavioli

Indiane Oliveira com sua mãe

Eliane

Prof. Valério Bernardi

Priscila Prado

Maria Eduarda Perosa

Rian Sartori, Gabriela e Maria Eduarda Perosa

Tuti ensieme


Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

terça-feira, 17 de março de 2015

Inventário Nacional da Diversidade Linguística

Estima-se que mais de 250 línguas sejam faladas no Brasil entre indígenas, de imigração, de sinais, crioulas e afro-brasileiras, além do português e de suas variedades. Esse patrimônio cultural é desconhecido por grande parte da população brasileira, que se acostumou a ver o Brasil como um país monolíngue. Como resultado da mobilização da sociedade civil e de setores governamentais interessados em mudar esse cenário, em dezembro de 2010 foi publicado o Decreto Nº 7.387, que instituiu o Inventário Nacional da Diversidade Linguística (INDL) como instrumento de identificação, documentação, reconhecimento e valorização das línguas faladas pelos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira.

O Decreto, assinado pelos Ministérios da Cultura (MinC), Educação (MEC), Planejamento e Gestão (MPOG), Justiça (MJ), Ciência Tecnologia e Inovação (MCTI) permitiu a constituição de uma política específica para a salvaguarda da diversidade linguística brasileira, coerente com a natureza transversal das línguas, que participam de várias dimensões da vida social. Não é possível, por exemplo, pensar ações de fortalecimento de línguas sem considerar as políticas educacionais. De forma semelhante, uma das maiores demandas dos grupos de falantes de línguas minoritárias está relacionada ao direito de acesso a serviços públicos na sua língua de referência.

O Inventário Nacional da Diversidade Linguística é o instrumento oficial de reconhecimento de línguas como patrimônio cultural. Conforme previsto no Decreto Nº 7.387, tem como objetivo a “identificação, documentação, reconhecimento e valorização das línguas portadoras de referência à identidade, à ação e à memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira” (Art. 1o).


Conheça as línguas incluídas no INDL:

Língua Talian
Língua Asurini do Trocará
Língua Guarani Mbya

Fonte: IPHAN/Imagens da internet.




Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

quinta-feira, 12 de março de 2015

Bella bionda/Linda loira


                                                         Italiano


Quando ero piccina piccina
mio papa mi portava giocar
mi diceva Marietta vien grande
mi diceva Marietta vien grande.

Quando ero piccina piccina
mio papa mi portava giocar
mi diceva Marietta vien grande
che ti voglio maridar.

Rit.
Bionda bella bionda
O biondinella d’amor
Bionda bella bionda
O blondinella d’amor

Grandicella io son divenuta
All ‘eta di sedici anni
Ho 'na figlia che chiama gia mamma
Ho 'na figlia che chiama gia mamma.

Grandicella io son divenuta
All ‘eta di sedici anni
Ho 'na figlia che chiama gia mamma
ma non ho mai piu visto il papa.

                                        
            

         Tradução para português
Quando eu era pequena, pequena
meu pai me levava brincar
Me dizia Marieta venha grande
Me dizia Marieta venha grande

Quando eu era pequena, pequena
meu pai me levava brincar
Me dizia Marieta venha grande
Que quero que tu cases.

Rit.
Loura, linda loira
Oh loirinha de amor
Loura, linda loira
Oh loirinha de amor


Grandinha eu me tornei
Na idade de dezesseis anos
Tenho uma filha que me chama de mãe
Tenho uma filha que me chama de mãe.

Grandinha eu me tornei
Na idade de dezesseis anos
Tenho uma filha que me chama de mãe
Mas o pai não vi mais.

Postagem e tradução: Jaciano Eccher/Imagens da internet.


Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

quarta-feira, 11 de março de 2015

Começa curso de TALIAN em Ronda Alta-RS/Scomìnsia corso de talian a Ronda Alta-RS

                                                                 
Português

Começou nesta terça-feira, 10 de março de 2015, o curso de Talian em Ronda Alta-RS. O curso ministrado pelo casal Jaciano e Everlaine Eccher terá duração de quatro meses e acontecera todas as terças-feiras das 19:30 as 22:00 horas na sala de palestras da SEMA. No primeiro dia de aula tivemos a presença de 13 alunos entre eles as duas alunas mais novas Taís Manfrin de 10 e Indiane de Oliveira de 7 anos.
O curso é uma ótima oportunidade de promover a cultura italiana no Brasil, bem como resgatar o dialeto falado pelos imigrantes italianos, assim como manter ativa esta magnífica língua nas futuras gerações.

                                                                        Talian

Ga  scominsià  Marti 10 de  Marso de 2015, el corso de Talian (dialeto venessian) in Ronda Alta-RS. El corso presentato per ei sposi Jaciano e Everlaine Eccher gaverà quatro mesi, e sucederà ogni Marti dele 19:30-22:00 ore nela SEMA. El primo di de scola gavemo bio la oportunità de recever13 studenti fra questi le due studenti più giovani Taís Manfrin 10 e Indiane Oliveira 7 ani.
El corso ze una gran oportunità per promovere la cultura taliana nel Brasile, cossì come salvare el dialetto parlato dai imigranti taliani  e dopo ancora mantegner vivo questo belìssimo linguàgio nele generassion future.

                                                               Italiano

Ha iniziato il Martedì 10 Marzo, 2015, il corso di Talian (dialetto veneto) in Ronda Alta-RS. Il corso presentato dalla coppia Jaciano e Everlaine Eccher durerà quattro mesi, e succederà ogni Martedì 19:30-22:00 ore nella SEMA. Il primo giorno di scuola abbiamo avuto la presenza di 13 studenti tra i quali i due studenti più giovani Taís Manfrin 10 e  Indiane Oliveira 7 anni.
Il corso è una grande opportunità per promuovere la cultura italiana in Brasile, così come salvare il dialetto parlato dagli immigrati italiani oltre a mantenere attivo questo magnifico linguaggio nelle generazioni future.

Para ver mais fotos de outras aulas clique aqui.
Per vedere ancora ritrati cliccare qui.

Postagem: Jaciano Eccher. 




Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

segunda-feira, 9 de março de 2015

Gruppo Italiani in Brasile (ensaio)




Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

Vestita era un angelo/Vestida era um anjo

                          Para ver letra e tradução de outras músicas clique aqui!
Para baixar essa música clique aqui!

                                   

Ascolta la canzone/Ouça a música...



                                                                        Italiano
           
Aveva un occhio di vetro ed una gamba di legno
a me piaceva lo stesso perché sapeva amar.
Aveva il seno di gomma fissato con della colla
e dentro c’era una molla che lo teneva un po’ su.

Vestita era un angelo faceva meraviglia
piaceva a tutti quanti ma soprattutto a me.

Aveva i denti di gesso, le labbra di silicone
e quando mi dava un bacio non si staccavano più.
Aveva la sua parrucca di stoppa bionda di oro
diceva “Amore tesoro, quand’è che mi sposerai?”

Aveva i piedi abbondanti, portava il cinquantaquattro
aveva uno strano passo, faceva spesso il casquè.
Aveva le unghie di marmo, andava dal manicure
era un suo amico marmista, le levigava ben ben.

Di notte lei si spogliava e un buon profumo emanava
sapeva di aglio e cipolla e di cinghiale al salmì.
Aveva qualche difetto non era proprio perfetta
se non avevo gran fretta noi facevamo l’amor.

                                              Tradução para português

Tinha um olho de vidro e uma perna-de-pau
Eu gostava dela mesmo assim, porque sabia amar.
Tinha os peitos de borracha fixado com cola
e dentro havia uma mola que o mantinha um pouco mais em cima.

Vestida era um anjo fezia maravilha
gostava de todos, mas especialmente de mim.

Seus dentes eram de gesso , os lábios de silicone
e quando me dava um beijo não soltava mais.
Tinha sua peruca, de estopa loura de ouro
dizia "Amor, tesouro", quando vai casar comigo?"

Seus pés eram enormes, calçava a cinqüenta e quatro
tinha um passo estranho, muitas vezes a fazia cair.
Suas unhas eram de mármore, ia nos manicures
Era seu amigo  marmoreiro, que alisava bem assim.

À noite, ela se despia e um cheiro agradável emanava
cheiro de alho e cebola e um javali morto.
Ela tinha algum defeito não era muito perfeita
se eu não me apressasse, não faríamos amor.

Postagem e tradução: Jaciano Eccher
Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

quarta-feira, 4 de março de 2015

Vem aí Fest'Itália 2015



ITALIANI DEL BRASILE IN FESTA CON AL FEST ITALIA.



La Associasson TREVISANI NEL MONDO, di PALMA SOLA SC BR, organiza a tredice ani un evento unico de la America Latina del suo genero che si chiama FEST ITALIA(festival da la musica italiana). Palma Sola, una picola cità del esstremo Oeste del Stato di Santa Catarina, quase al confine con la Argentina, colonizata per la grande maioranza de emigranti, dessendenti VENETI, ndove ancora, dopo de 150 ani, se ascoltar e se canta le musice antighe dei su antenatti, portade d`ITALIA, ricordade e tanto cantade tra de lori, per amenisar la nostalgia de su terra MADRE la ITALIA. Qui se parla, se canta al dialeto VENETO dei nostri noni. La XIII EDISSION DEL FEST ITALIA, va èsser giorni 01 e 02 de maggio, e questo FESTIVAL le dividido in due categorie, ADULTI e BAMBINI. La motalità dei adulti al festival le fato in tre motalità: CLASSICE, FOLCLORISTICHE e CANTO CORO A CAPELA. PALMA SOLA, ha un bello lavoro de divulgassion de la cultura italiana con questo evento, ma sopratutto anche parche, se ensegna i bambina a parlar, scriver e cantar al TALIAN, che adesso al BRASILE recognosse questo parlar dei noni, come una lengoa de referencia nacional.

Su la motalità dei bambini, le permesso inscriversse con la motalità FOLCLORISTICHE, questo per ensegnar e mostrar ai pìcoli le antighe canssione dei nostri antenati. Un festival fato de musice, de colinària, de costumi para soratutto con al cuore italiano.

PALMA SOLA le una picola ITALIA in questo evento. Depi de R$ 24.000,00, distribuidi per i
premiati . La eliminatòria le fata giorno 01 de maggio, e la final giorno 02 de maggio.
Un festival fato con passione, con molto lavoro, per questo al festival le sucesso in tutte le sue edissione.
Qui e ama la so storia, ama la vita.

Odete Ana Delazeri
Pres.Comssion Organziatrice del Fest Italia

                                              Veja a programação:(clique na imagem para ampliar)
Clique aqui para ver o regulamento.





Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

Seu Madruga canta Mamma dame cento lire

Seu Madruga foi a um show do GRUPPO ITALIANI IN BRASILE e gostou tanto que aprendeu cantar todas as nossas músicas, assim que voltou do baile, convidou os amigos da turma do Chaves e gravaram a música mamma dame cento lire.
Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

terça-feira, 3 de março de 2015

La mamma di Rosina/ A mãe de Rosinha

Para ver letra e tradução de outras musicas clique aqui.
Para baixar essa musica clique aqui.

Ascolta la canzone/Ouça a música...
                                                

                                                          Italiano( I Girasoli)


La mamma di Rosina era gelosa,
bim bum bam, ciapa al coltel, taia zo el salam,
Rosina amami, per carità,
nemmeno a prender l'acqua,
con gli occhi bianchi e neri,
nemmeno a prender l'acqua la mandava.

Un giorno si alzò presto e andò al mulino,
bim bum bam, ciapa al coltel, taia zo el salam,
Rosina amami, per carità,
un giorno si alzò presto,
con gli occhi bianchi e neri,
ma trova il molinaro addormentato.

Te sveia molinar che è fatto giorno,
bim bum bam, ciapa al coltel, taia zo el salam,
Rosina amami, per carità,
te sveia molinaro,
con gli occhi bianchi e neri,
che devo macinar questa farina.

E già che sei venuta mia Rosina,
bim bum bam, ciapa al coltel, taia zo el salam,
Rosina amami, per carità,
ti voglio macinare,
con gli occhi bianchi e neri,
ti voglio macinare fina, fina.

E mentre che la mola macinava,
bim bum bam, ciapa al coltel, taia zo el salam,
Rosina amami, per carità,
se la stringeva al petto,
con gli occhi bianchi e neri,
se la stringeva al petto e la baciava.

Sta fermo, molinaro, con le mani,
bim bum bam, ciapa al coltel, taia zo el salam,
Rosina amami, per carità,
io tengo sei fratelli,
con gli occhi bianchi e neri,
io tengo sei fratelli, ti uccideranno.

                                                                                    Tradução para português



A mãe de Rosinha era ciumenta,
bim bum bam, pega uma faca, corta o salame,
Rosina me ame, por caridade,
Nem mesmo pegar água,
com olhos brancos e negros,
Nem mesmo pegar água, ela mandava.

Um dia,levantou cedo e foi no moínho,
bim bum bam, pega uma faca, corta o salame,
Rosina me ame, por caridade,
um dia levantou cedo,
com olhos brancos e negros,
mas encontra molinheiro dormindo.

Acorda molinheiro que já é dia,
bim bum bam, pega uma faca, corta o salame,
Rosina me ame, por caridade,
Acorda molinheiro,
com olhos brancos e negros,
Preciso moer este farinha.

E já que viestes em minha Rosinha,
bim bum bam, pega uma faca, corta o salame,
Rosina me ame, por caridade,
Eu quero moer,
com olhos brancos e negros,
Quero moer bem fina.

E enquanto o rebolo moe,
bim bum bam, pega uma faca, corta o salame,
Rosina me ame, por caridade,
A apertava contra o peito,
com olhos brancos e negros,
Apertou-a contra o peito e a beijou.

Afaste-se, molinheiro, com as mãos,
bim bum bam, pega uma faca, corta o salame,
Rosina me ame, por caridade,
Eu tenho seis irmãos,
com olhos brancos e negros,
Eu tenho seis irmãos, eles vão matá-lo.

Obs: La mamma di Rosina é uma música de origem Milanese, nesta versão ela está praticamente no italiano gramatical com exceção de algumas palavras como por exemplo "Ciapa" que no italiano gramatical seria "prende".

Postagem e tradução: Jaciano Eccher.
Ver toda a postagem/Vedere tutto ››