Pagine

Clique para entrar

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Primo Senar Talian em Três Palmeiras foi um sucesso/Primo cenare Italiano è stato splendido

                                                                                                 Talian
Brasão da Associação Italiani in Brasile
 


Ga sussedesto nel giorno 27 de setembre el Primo Senar Talian qua in Trè Coqueri, e ensieme gavemo fato la strèa del nostro primo CD, volemo ringrassiar a tuti che ga laorar e giutar nela
organizassion dea festa che xe està organizà dala Associassion Taliane in tel Brasile e Rádio Liberdade.                                                     

                                        Português

Aconteceu no dia 27 de setembro de 2014 o primeiro jantar italiano em nossa cidade, o intitulado "Primo Senar Talian", na ocasião aconteceu o lançamento oficial do 1º CD do Gruppo Italiani in Brasile, agradecemos a todos que nos ajudaram na organização deste evento realizado pela Associação Italiani in Brasile e Rádio Comunitária Liberdade.


                                                             Italiano

Accaduto il 27 settembre, nella nostra città, il "Primo Senar Talian" . il primo cenare italiano e ensieme il lancio ufficiale del primo CD del Gruppo Italiani in Brasile, ringraziamo tutti coloro che ci sono aiutato nell'organizzazione di questo evento organizzato dall'Associazione Italiani in Brasile e Radio Liberdade





  Por Jaciano Eccher/Fotos Eloidemar Guilherme via Rádio Liberdade.


Final de festa divertido

Casa do vinho

Ferramentas e meio de transportes antigos







Coral municipal italiano se apresentando

Alana e Everlaine se apresentando

Gruppo Italiani in Brasile







Para ver mais imagens clique Aqui.

Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

O médico disse que o Italiano precisava renovar o sangue, veja o que ele fez...

                                                         

                                                                                      Português
 

Um italiano de Três Palmeiras não se sentindo bem de saúde foi até um hospital, chegando lá o doutor diagnosticou que ele precisava uma transfusão de sangue o mais rápido possível.
Mas como "gringo" não se deixa abalar e já imaginando também que isso iria lhe custar os olhos da cara, imaginou ter que quem sabe vender as galinhas, as vacas, os porcos e ainda perder um tempo danado, chegou em casa e no mesmo dia foi no porão da casa e com a ajuda de sua esposa passou três(3) horas injetando vinho na veia, afinal em uma outra ocasião o próprio doutor havia dito que vinho tinto renovava o sangue...

                                                            Italiano

Un italiano di Três Palmeiras nel Brasile  non si sentiva molto bene di salute e è andato al ospedale, arrivando, il medico diagnosticò che lui aveva bisogno di una trasfusione di sangue.
Ma come l'italiano non si lascia abbattere e  chiedendo che quello costerebbe gli occhi della faccia, ha immaginato anche che  chi lo sa averebbe bisogno di vendere dei polli, mucche, maiali e ancora perdere un sacco di tempo, è tornato casa nello stesso giorno e è andato a la cantina della casa e con l'aiuto della moglie si sono messi tre (3) ore per mettere il vino in vena, comunque in un'altra occasione il stesso medico  aveva detto che  il vino rosso rinnova il sangue ...

                                                             Talian

Un talian de Trè Coqueri  non si sentiva tanto ben de salute e ga ndato al ospedale, quando ghe ariva, el medico diagnosticò che lu gavea bisogno de una trasfusion de sangue.
Ma come ei taliani non se dassa par de drio e  dopo el pensea che quell ndea costar ei oci dea facia, ga imaginà anca che  ghe tochea vender dei polastri, vache, porcei e ancora pèrder un bon tempo, gà tornà casa nel stesso di e ga ndato in cantina dea casa e con l'aiuto dela femena el se buta tre (3) ore per meter el vin nele vene, perche el se nicorda magari che un'altra ocasion el stesso medico  gavea dito che  el vin rosso rinova el sangue ...

Por Jaciano Eccher.



Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

domingo, 28 de setembro de 2014

Piemontesina bella/Piemontesina linda

Para ver tradução e letra de outras músicas clique aqui.
Para baixar essa música clique aqui.

Ascolta la canzone dal Gruppo Italiani in Brasile...
                                 
 
Italiano (originale)

Addio bei giorni passati,
mia piccola amica ti devo lasciar,
gli studi son già terminati
abbiamo finito così di sognar.

Lontano andrò,
dove non so,
parto col pianto nel cuor,
dammi l'ultimo bacio d'amor.

Non ti potrò scordare
piemontesina bella,
sarai la sola stella
che brillerà per me.

Ricordi quelle sere
passate al Valentino,
col biondo studentino
che ti stringeva sul cuor.

Rosina il tuo allegro studente,
di un giorno lontano è adesso dottor,
io curo la povera gente
ma pure non riesco a guarire il muio cuor.

                               Tradução para português



Adeus bons tempos passados, 
minha pequena amiga preciso te deixar, 
os estudos já acabaram 
e acabaram também nossos sonhos. 

Para longe irei, 
para onde não sei, 
parto com lágrimas em meu coração, 
Dê-me um último beijo de amor. 

Não vou poder te esquecer 
Linda piemontesina, 
você vai ser a única estrela 
que vai brilhar para mim. 

Lembra-se daquelas noites 
passadas no Valentino, 
aquele louro estudante 
que apertava o coração. 

Rosina seu aluno alegre, 
de um dia de distância é agora Dr., 
Eu cuido dos pobres doentes
porém não posso curar meu coração..

Obs: Piemontes, significa “terra que fica aos pés das montanhas”
Confira abaixo algumas imagens de Piemonte e clique aqui para ver a fonte delas.



Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Nanetto Pipeta por Ivanir Signorini

Monumento de Nanetto Pipetta em Caxias do Sul


Um personagem do povo ... Literatura



Você já ouviu falar no Naneto Pipeta? Não? Fique tranqüilo que a grande maioria dos brasileiros nem sabem quem é. Você não vai precisar posar de intelectual e fingir que conhece para não parecer que está por fora da cultura. Naneto Pipeta é um personagem popular entre os descendentes e imigrantes vênetos (historicamente confundidos como imigrantes italianos) do sul do Brasil.

Muitas gerações, como a minha, cresceram ouvindo as histórias e aventuras do Naneto Pipeta. Eram histórias contadas para fazer as crianças dormirem, para divertir, para ensinar alguma lição de vida, etc. Lembro de minha infância onde meu pai, minha mãe e minhas tias contavam essas histórias. Mas quando contadas nos programas de rádio os adultos paravam para ouvir e rir. Lembro-me bem da história do terneiro (bezerro) que o Naneto Pipeta amarrou de baixo da casa e, de preguiça de sair fora tratar, abriu um buraco no assoalho da casa. Com o tempo o boi cresceu e colocou as pernas fora pela janela e a cabeça pela porta ... destruindo toda a casa. Moral da história: quem é preguiçoso arranja mais trabalho e perde o que tem (a casa).

O Naneto Pipeta (Nanetto Pipetta) é um personagem fictício criado pelo filho de imigrantes e Frei da Ordem dos Capuchinhos Aquiles Bernardi (1891-1973) em 1924 por ocasião da comemoração dos 50 anos da chegada dos primeiros imigrantes vênetos (“italianos”) ao Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Este personagem rapidamente obteve sucesso e passou a personificar a colonização vêneta (“italiana”) do Sul.

Aquiles Bernardi, na ocasião do meio século de imigração, então vice-diretor do jornal Staffeta Riograndense (no período ditatorial de Getúlio Vargas teve que trocar para o atual nome Correio Riograndense) começou a publicar causos populares (Ciàcore e sfròtole) reunidos no personagem fictício chamado Naneto Pipeta.

Literalmente Naneto Pipeta, em língua talian (o vêneto brasileiro), significa “Manuel Cachimbo”. Naneto obteve o “Pipeta” (cachimbo, pipa) no nome por sempre andar com o cachimbo, sua marca registrada (e a marca dos nossos nônos e bisnônos imigrantes).

Aquiles Bernardi publicou as aventuras do Naneto Pipeta por um ano (entre 23 de janeiro de 1924 e 18 de fevereiro de 1925) e o matou afogado no Rio das Antas em Santa Catarina. Mesmo assim tornou-se um personagem popular e de sucesso que suas histórias não paravam de surgir por todo canto. Embalavam as infâncias, jovens e adultos. Novos contadores as criavam e repassavam oralmente: “Em 1937 a coltânea de crônicas foi reunida em livro, intitulado Vita e Stòria de Nanetto Pipetta – Nassuo in Itália e vegnudo in Mèrica par catare la cucagna, com ilustrações de frei Gentil de Caravaggio. Apesar do sucesso, o Nanetto foi condenado à clandestinidade durante a II Guerra Mundial quando o governo de Getúlio Vargas desenvolvia uma política nacionalista que reprimia estrangeirismos. Em 1956 foi reeditado por Virgínio José Bortolotto, sendo rapidamente esgotado. Hoje já está na sua quarta edição, contabilizando um total de 150 mil exemplares. A história de Nanetto já está presente nas bibliotecas italianas e já foi objeto de vários estudos acadêmicos. Recebeu uma continuação a partir de 1990, escrita por vários autores também em talian, e publicada pelo mesmo jornal.”(Wikipéia)

De tão popular que eram no período da ditadura Getúlio Vargas, quando fechou jornais e invadiam casas recolhendo livros em talian e proibindo falar talian, os textos de Naneto Pipeta eram escondidos como relíquia e símbolo da resistência vêneta. Frei Rovilio Costa conta que inúmeras famílias escondiam o livro de Naneto Pipeta no meio do pão para não serem apreendidas.

Devido a esse sucesso e por ser a personificação da memória e identidade taliana (vêneta), a partir da década de 1970, o Naneta Pipeta ressurge com histórias novas em inúmeros livros em talian e no Correio Riograndense e que são contadas até hoje. Só que agora os autores que escrevem são vários e vão se revezando ao longo dos tempos. Mas não são somente autores específicos, o autor é o povo. Qualquer pessoa que escreve histórias do Naneto Pipeta e manda para o Correio Riograndense as tem publicadas. O jornal mantém a fidelidade a um personagem criado por Aquiles Bernardi mas mantido vivo, mesmo nos períodos de perseguições, pelo povo, pelos colonos, pelos imigrantes, pelos nônos e bisnônos.

Creio que Naneto Pipeta seja um personagem popular e raro da literatura brasileira: representa e personifica o povo da imigração, mas personifica a esperança, o sonho e o futuro digno desses imigrantes. Popular mas também não conhecido pela população brasileira e que ainda faz crianças dormir, sonhar, rir ... Naneto Pipeta é personagem “DO povo.”



Por: Ivanir Signorini, mestre em Filosofia e Teologia, Ouvidor e professor no Departamento de Filosofia do Centro Universitário Assunção - UNIFAI.

Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

Ndemo navigar/Vamos navegar/Andiamo navicare

Para ver letra e tradução de outras músicas clique aqui.
Para baixar essa música clique aqui.

Ascolta la canzone/Ouça a música ...

 
Talian(original)

E a lontano/ demo partire/ e la fadiga si finirà/con la cucagna/e con la alegria/una altra vita/ scominciarà.

Ref: Ciape, ciape le robe, ciame, ciame le donne, che ga riva el giorno andemo navigar,e ciapa su ei bambini e cata su ei sogni e adio adio ndemo finìu de tribular.

Chi saralo questo paese?Bello, grando streto?O saralo piu longo che el tempo de spetar.

Ref: Ciape, ciape le robe...

El giorno el ze riva, adesso andemo spasso, cantando e festegiando, trenta giorni a navigar.

Ref: Ciape, ciape le robe...


                                                    Tradução para português

E para longe, vamos partir, e o cansaço se acabarà, com tesouros, e alegrias uma outra vida vai começar.

Ref: Peguem, peguem as roupas, chamem, chamem as mulheres, que chegou o dia, vamos navegar, e peguem as crianças e leve junto os sonhos e Adeus, Adeus, vamos, chega de sofrer.

O que será este pais?Lindo, grande, estreito? Ou será maior que o tempo de esperar?

Ref: Peguem, peguem as roupas...

O dia chegou, agora vamos cantando e festejando 30 dias a navegar.

                                                    Traduzione per l'italiano

E via andremo, e la stanchezza si sparirà, di tesori e gioie inizieremo un'altra vita. 

Ref: Prendete, prendete i vestiti, chiamate, chiamate le donne, il giorno è venuto, navighiamo, e prendete i bambini e riunire i sogni e Addio, addio, andiamo, basta di sofferenza. 

Che cosa è questo paese? Bello, grande, stretto? O è maggiore del tempo di attesa? 

Ref: Prendete, prendete i vestiti ... 

Il giorno è arrivato, ora andiamo cantando e festeggiando 30 giorni a navigare.

Ref: Prendete, prendete i vestiti...


Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Consegna dei certificati di corso di italiano a UPF./Entrega dos certificados do curso de italiano na UPF.

                                                           Italiano

Martedì scorso gli studenti della UPF Lingue hanno ricevuto dalla insegnante Maristela Colussi Biolchi , i certificati di completamento del corso di livello base in italiano, sono in media tre semestri per livello, ora gli studenti di questa classe stanno studiando il livello intermedio.

                                                             Talian

Gieri, marti, ei studenti dela UPF lengue ga recevesto dala professoressa Maristela Colussi BIolchi, ei certificati del livelo base del corso de italiano, ei xe in media tre semestri per livelo, adesso ei studenti de questa turma xe drio far el livelo intermedio.

                                                           Português

Nesta terça-feira alunos da UPF Idiomas receberam da professora Maristela Colussi Biolchi, os certificados de conclusão do nível básico no curso de italiano, são em média 3 semestres por nível, agora os alunos desta turma estão cursando o nível intermediário.
Entrega a Adriane Frozzi

Entrega a Antonio


Entrega a Everlaine Eccher

Entrega a Jaciano Eccher

Entrega a Marco

Entrega a Marcos

Tutti ensieme

Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Talian é reconhecido como Referência Cultural Brasileira

Caríssimos leitores do blog ITALIANI IN BRASILE é com muito orgulho que temos a melhor noticia do mundo para levar até você.


A Comissão Técnica do Inventário Nacional da Diversidade Linguística (CT-INDL), que é formada por representantes do Ministério da Cultura, do Planejamento, da Ciência, Tecnologia e Inovação, da Educação e da Justiça, aprovou em reunião realizada no dia 09 de setembro de 2014, na sede do IPHAN, em Brasília, a inclusão das línguas Asurini do Trocará, Guarani Mbya e Talian no INDL.

O INDL, instituído pelo Decreto nº 7387 de 2010, é um instrumento de identificação, documentação, reconhecimento e valorização das línguas portadoras de referência à identidade e à memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira. Objetiva contribuir na promoção da diversidade linguística no Brasil, apoiando iniciativas de preservação promovidas pelas comunidades linguísticas.

As três línguas incluídas no INDL foram inventariadas por meio de projetos-piloto apoiados pelo Iphan e que foram executados entre 2008 e 2011. O Asurini e o Guarani Mbya são, segundo a classificação de especialistas, línguas indígenas do troco Tupi, família Tupi-Guarani. Já o Talian é falado por expressivo contingente de descendentes de imigrantes italianos, sobretudo nos estados do sul do Brasil.

A cerimônia oficial de certificação dessas línguas, que será conduzida pela Ministra da Cultura Marta Suplicy, ocorrerá no Seminário Ibero-Americano da Diversidade Linguística, em Foz do Iguaçu/PR, entre os dias 17 e 20 de novembro de 2014.

Fonte:Portal IPHAN. poderá ver esta postagem também no site da IPOL.
Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

Coral Municipal Italiano de Três Palmeiras se apresenta durante comemorações da semana da pátria

Confira videos das apresentações:



Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

La mula de Parenzo/A menina de Parenzo




                                                
Dialetto triestino(originale)

La mula de Parenzo l'ha messo su botega:
de tuto la vendeva, de tuto la vendeva,
la mula de Parenzo l'ha messo su botega:
de tuto la vendeva fora che 'l bacalà:
perché non m'ami più?

La me 'morosa è vecia la tengo de riserva,
e quando spunta l'erba, e quando spunta l'erba;
la me 'morosa è vecia la tengo per riserva,
e quando spunta l'erba la mando a pascolar_
perché non ami più?

La mando a pascolare insieme alle caprete,
l'amor con le servete, l'amor con le servete,
la mando a pascolare insieme alle caprete,
l'amor con le servete non lo farò mai più:
perché non m'ami più?

Se el mar fossi de tocio,e i monti de polenta
oi mama che tociade, oi mama che tociade...
Se el mar fossi de tocio e i monti de polenta
oi mama che tociade, polenta e bacalà,
perché non ami più?

Tuti mi dicono bionda ma bionda io non sono,
porto i capeli neri, porto i capeli neri;
tuti mi dicono bionda, ma bionda io non sono,
porto i capeli neri sinceri nel fare l'amor:
e perché non m'ami più?


                                   Tradução para português


A menina de Parenzo colocou um negócio 
de tudo ela vendia, de tudo ela vendia, 
A menina de Parenzo colocou um negócio 
de tudo ela vendia,menos bacalhau: 
por que você não me ama mais? 

Minha namorada velha guardo como reserva, 
mas quando brotar a grama,mas quando brotar a grama 
Minha namorada velha guardo como reserva, 
mas quando brotar a grama, eu a mando pastar 
por que você não me ama mais?

Mando pastar junto com as cabras, 
e amor com as empregadas, e amor com as empregadas. 
Mando pastar junto com as cabras, 
e amor com as empregadas, nunca mais farei.
por que você não me ama mais?

Se o mar fosse molho, e os montes de polenta
Oh mãe que "refeição",Oh mãe que "refeição"
Se o mar fosse molho, e os montes de polenta
Oh mãe que "refeição, polenta com bacalhau.
por que você não me ama mais?

Todo dizem que sou loira, mas loira eu não sou, 
tenho cabelos pretos, tenho cabelos pretos. 
Todo dizem que sou loira, mas loira eu não sou, 
tenho cabelos pretos, sinceros ao fazer amor 
por que você não me ama mais?

                                 Traduzione per l'italiano

La ragazza di Parenzo ha messo un negozio 
tutto lei vendevanno, tutto lei vendevanno, 
La ragazza di Parenzo ha messo un negozio 
tutto lei vendevanno,meno che il baccalà
perché non m'ami più?

La mia ragazza vecchia la tengo come riserva, 
ma quando spuntano l'erba, ma quando spuntano l'erba
La mia ragazza vecchia la tengo come riserva, 
ma quando spuntano l'erba,la mando a pascolare
perché non m'ami più? 

Mando al pascolo con le capre, 
e l'amore con le cameriere, e l'amore con le cameriere. 
Mando al pascolo con le capre, 
e l'amore con le cameriere, non lo farò mai più. 
perché non m'ami più?

Se il mare fosse sugo e le montagne di polenta
Oh mamma che inzuppate, Oh mamma che inzuppate
Se il mare fosse sugo e le colline di polenta
Oh mamma che "pasto", polenta con baccalà.
perché non m'ami più?

Tutti dicono che sono bionda, ma bionda io non sono , 
Porto i capelli neri, Porto i capelli neri. 
Tutti dicono che sono bionda, ma bionda io non sono , 
Porto i capelli neri,sinceri a fare l'amore 
perché non m'ami più?


Obs:

Italiano:
La canzone nasce più di due secoli fa (fine del '700)probabilmente intonata dai pescatori polesani che a loro volta l'avranno sentita fischiettare da pescatori veneti. Inizialmente, la canzone si intitolava "La goba de Parenzo".
Non si è mai saputo chi fosse questa famosa ragazza, né se fosse "goba" o "drita". Però sembra sia esistita realmente.
Sicuramente sarà stata, come dice la canzone, una venditrice della cittadina istriana, poi inserita come "protagonista" di questa barcarola che era solo strumentale

Português:
A música nasceu há mais de dois séculos atrás (no final do 700) , provavelmente cantada pelos pescadores de Pula, que ouviram quem sabe o apito dos pescadores venezianos. Inicialmente, a canção foi intitulada "A Corcunda de Parenzo."
Nunca se sabe quem foi a famosa menina, se era "corcunda" ou "reta." Mas parece ter realmente existido.
Definitivamente terá sido, como diz a canção, uma vendedora da cidade de Austria "Parenzo", em seguida, inserida como protagonista deste "Barcarola" que foi fundametal.

Clique aqui para maiores informações

Traduzione Jaciano Eccher e Ombretta Nichetti.
Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

terça-feira, 9 de setembro de 2014

La Tramontana/Vento norte(na Itália)

Para ver letra e tradução de outras músicas clique aqui.
Para baixar essa música clique aqui.

Ascolta la canzone/Ouça a música..
.                                                     

Italiano(original)


Inventa quello che vuoi per farci ridere un po' inventa pure dicci dicci perche'
Quello che adesso diro' per farvi ridere un po' non e' invenzione ma e' la verita'

Da quando il giorno non e' piu' il giorno da quando il sole non e' piu' sole da quando l'alba si e' fatta strana ho perduto la tramontana

Da quando il vento mi ha sussurrato che lei va in giro col carro armato da quando ho visto che fai l'indiana ho perduto la tramontana l'ho perduta seguendo lei.

E adesso cosa dirai per farci ridere un po' che cosa inventi dicci dicci perche' Quello che adesso diro' per farvi ridere un po' non e' invenzione ma e' la verita'

Da quando Eva mangio' la mela ha combinato dei grossi guai ma se aspettava una settimana non perdeva la tramontana.

Invece io son qui che soffro son qui che lotto tra il bene e il male e per il filo di quella lana ho perduto la tramontana l'ho perduta seguendo lei.

E adesso cosa dirai per farci ridere un po' che cosa inventi dicci dicci perche' Quello che adesso diro' per farvi ridere un po' non e' invenzione ma e' la verita'


Se tutti voi mi prendete in giro conosco tutte le vostre donne e non e' detto che per Giuliana io non perda la tramontana.

Mi piaccion nere mi piaccion bionde mi piaccion tutte le donne al mondo e per il pizzo di una sottana perdo sempre la tramontana l'ho perduta e la perdero'

Mi piaccion nere mi piaccion bionde mi piaccion tutte le donne al mondo e per il pizzo di una sottana perdo sempre la tramontana l'ho perduta e la perdero'

                                              Tradução para português

Inventa o que você quer para fazer-nos rir um pouco inventa também e diga-nos o por que.
O que eu vou dizer agora para fazer você rirem um pouco  não é invenção não, mas a verdade.

Desde que o dia não é mais dia, e o sol não é mais sol, o amanhecer nasceu estranho eu perdi "A Tramontana"*
Desde que o vento sussurrou-me que ela anda com um tanque de guerra, desde que eu a vi fazer "a indiana"(se fazer de bobo, que não está entendendo algo), perdi o rumo.Perdi o rumo por segui-la.

E agora o que você quer dizer para fazer-nos rir um pouco? Inventa também e diga-nos o por que.
O que eu vou dizer agora para fazer você rirem um pouco  não é invenção não, mas a verdade.

  Desde que Eva comeu a maçã tem acontecido grandes problemas, mas se esperar uma semana não se perde o rumo

  Em vez eu sou aquele que sofre que luta pelo bem e o mal e pelo fio daquela lã eu perdi o norte eu perdi a seguindo.

  E agora o que você quer dizer para fazer-nos rir um pouco? Inventa também e diga-nos o por que.
O que eu vou dizer agora para fazer você rirem um pouco  não é invenção não, mas a verdade.

Já que estão me provocando conheço todas suas mulheres e nem disse que por Giuliana eu não perco o rumo.

Adoro morenas, amo as loiras e todas as mulheres do mundo e por uma barra de saia eu sempre perco o rumo, já perdi e sempre vou perder.

Traduzido e postado Por: Jaciano Eccher.



* Tramontana é o vento frio vindo do norte(na Itália) e "Perder a Tramontana" no sentido figurativo significa perder o rumo, ficar "desnorteado", perder o rumo das coisas..(Agradeçemos a ajuda de Maurizio Cecarelli nesta tradução)
Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Na bandiera, na léngoa, na storia (Ino del Popolo Veneto)


                                                           Diaeto Vênessian (original)


Na bandiera, na léngoa, na storia
Le ne dà siviltà, forsa e gloria (e gloria!)
E ’l futuro splendor le tien alto
Del gran pòpolo fiol de San Marco (San Marco!) 

Na nasion, un cor solo, na vóxe
Cei e veci, toxati e tóxe
Che ’ntel cor i conserva ’l Leon
No i se ciama mai vinti,
I fa sù i fondaminti
De un nóvo doman.

Ne dà lustro ’ntel móndo la nostra onestà
E la voja de far e de dare na man.
Fen fiorire la tera dai mónti al mar
Defendémo la paxe e la libartà

Tuti insieme co un solo cuor
Tuti insieme na sola Nasion
Rento el cor conservémo el Leon
No sarémo mai vinti,
Fon sù i fondaminti
De un nóvo doman.

Viva! Viva! Viva! Libartà!
Senpre! Senpre! Senpre! Libartà!
Par tèra, par mar: San Marco!

                                                          Tradução para português

Uma bandeira, uma língua uma história
Lhes da civilidade, força e glória
E o futuro esplendor o tens alto
Do grande povo filho de São Marcos.

Uma nação com um só coração, uma só voz
Pequenos, velhos moços e moças
Que no coração conservam o leão
Não são mais somente vinte(20)
Fazem seus fundamentos
De um novo amanhã.

Da brilho ao mundo nossa honestidade
A vontade de fazer, de dar uma mão
Faz florescer a terra dos montes ao mar
defendemos a paz e a liberdade

Todos juntos com um só coração
Todos juntos, uma só nação
Dentro do coração conservamos o leão
Não seremos mais vinte
Faremos os fundamento
De um novo amanhã.

Viva! Viva! Viva! Liberdade!
Sempre! Sempre! Sempre! Liberdade!
Por terra, por mar: São Marcos.

                                            Traduzione per l'italiano

Una bandiera, una lingua una storia 
Loro civiltà, la forza e la gloria 
E il futuro splendore hanno alto 
Figlio del grande popolo di San Marco. 

Una nazione con un solo cuore, una sola voce 
Piccoli, vecchi, ragazzi e ragazze 
Che mantengono nel cuore il leone 
Non sono più solo venti (20) 
Rendere le sue fondamenti 
Di un nuovo domani. 

Luminosità del mondo la nostra onestà 
La volontà di fare, di dare una mano 
Fa fiorire la terra delle colline al mare 
difendere la pace e la libertà 

Insieme con un solo cuore 
Tutti insieme, una nazione 
All'interno del cuore rimane il leone 
Non siamo più solo venti 
Faremo il fondamento 
Di un nuovo domani. 

Viva! Viva! Viva! Libertà! 
Sempre! Sempre! Sempre! Libertà! 
Via terra, via mare: San Marcos.

Traduções/Traduzione: Jaciano Eccher.



Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Una letera scrita in talian


Questa ze una letera scrita sol in talian, ze una letera che me pupà ga scrito per la so socera, la me nona che onco poareta ze in paradiso la ze mama de mia mama. 
Ma zera cossita che lu el fea nel tempo dele letere che onco no ghe ze piu, onco ze email, mensagio di testo, una telefonata, alora sol quei che un di ga scrito una, sa come che la ze.



Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Matéria do Blog Italiani in Brasile é divulgada no site da IPOL

                Português

O crescente numero de visitantes, as postagem sempre atualizadas e geralmente em três línguas o Italiano, Português e Talian(dialeto Vêneto), postagens diversificadas como tradução de músicas, noticias, piadas tudo isso vem fazendo com que nosso blog seja cada vez mais prestigiado e visualizado em todo o mundo, pois reúne informações e diversão do mundo italiano tudo num blog só.
Nas últimas semanas tivemos uma matéria nossa divulgada no site da IPOL-Instituto de Investigação e Desenvolvimento em Política Linguística, a matéria era referente ao curso de Talian que aconteceu em Três palmeiras e você pode conferir no próprio site da IPOL clicando aqui.

E clicando aqui você chega a página inicial da IPOL para saber mais.

                                                        Italiano

Il crescente numero di visitatori, i post sempre attuali e generalmente in tre lingue italiano, portoghese e Talian (dialetto veneziano), la diversità delle messaggi come traduzione di musica, notizie, scherzi tutto questo annuncio sta facendo il nostro blog èssere sempre più prestigioso e visto in tutto il mondo come esso raccoglie informazioni e diverzione del mondo italiano tutto in un blog.

Nelle ultime settimane abbiamo avuto un nostro articolo pubblicato nel IPOL-Istituto per la Ricerca e lo Sviluppo della Politica linguistica, la questione era  riferendosi al corso di Talian che è successo a Três Palmeiras-RS(Tre palme) e si può guardare nel proprio sito della IPOL cliccando qui.

E cliccando qui si puo vedere la home page della IPOL per saperne di più.

                                                           Talian

El numero senpre piu grando de gente che vede, le cose senpre zovane e nele tre lengue, italiano, talian e portoghese, tante cose come notissie, batute, o sinò tradussion de sonate, tuto che dize rispeto del mondo talian in un sol blog questo fa con che el nostro blog divente senpre piu importante e ogni di de piu gente lo vede in tuto el mondo.

Nele setimane scorse gavemo visto una postage nostra nel sito dela IPOL- Instituto de investigassion e svilupamento in politica lenguistica, la notissia zera su el corso de talian che gavemo fato in Trè Coqueri e te pol veder nel sito dela IPOL fando un spuncion qua.

E se te vol spunciar qua te vedarè el pagina principal del sito.
Por: Jaciano Eccher
Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

TALIAN..O que é Talian? Uma língua ou um dialeto? Qual a diferença entre Talian, Italiano e Dialeto Vêneto?

Talian! dialeto ou língua?Qual é a diferença entra TALIAN, ITALIANO, DIALETO VENETO?Onde se fala o TALIAN?

Depois de ler isso caso se interesse e queira aprender falar TALIAN, clique aqui.

Essas são as perguntas que sempre surgem quando se fala em "Talian".

ITALIANO OU ITALIANO GRAMATICAL:

Italiano(chamado assim na Itália) é a língua oficial da Itália nos dias de hoje é originado do dialeto TOSCANO, principalmente aquele falado em Florença, mas nem sempre foi assim, antes da unificação da Itália( de 1859 a 1870) o país falava diversos dialetos, cada província falava um dialeto diferente e dentro da própria província o dialeto se subdividia formando assim vários outros "subdialetos". Segundo estatísticas antes da unificação apenas 10% ou menos da população falava o Dialeto Toscano, mas começou a ganhar prestigio depois de ser divulgado através dos livros do famoso escritor Dante Alighieri.

DIALETO VÊNETO OU VENESSIANO:

O dialeto vêneto era um dos dialetos falados na Itália antes da unificação, como o próprio nome diz esse é o dialeto de Veneza e também boa parte do norte da Itália, assim como outros dialetos apesar de não ter o status de língua e não poder ser usado em documentos oficiais ainda é falado entre os populares, na roda de amigos, em casa.
Mas teve seus dias de glória sobretudo nos tempos da Sereníssima República de Veneza, textos mais antigos escritos neste dialeto datam meados do século XIII.
O dialeto vêneto é falado na região norte da Itália, na Croácia, Eslovênia, no México em Chipilo e No Brasil na região sul e em São Paulo porém no Brasil ele sofreu transformação e é chamado de "Talian"

TALIAN:

O nosso Talian falado principalmente no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, mas também em alguns pontos de São Paulo e Espirito Santo é originado cerca de 90% do Dialeto Vêneto, e os outros cerca de 10% é uma mistura de outros dialetos do norte da Itália e o português. Na America ele só é falado no Brasil e em Chipilo(dialeto Chipileño) no México.

Agora quero aproveitar alguns comentários de leitores do blog e pessoas importantes no mundo do TALIAN para falar mais sobre esse fenômeno único no mundo.

O que estamos fazendo hoje para manter e promover o Talian?

O reconhecimento do Talian  como Patrimônio Cultural Imaterial está sendo amplamente discutido nas reuniões do grupo de trabalho que estuda a criação do Livro de Registro das Línguas Brasileiras, coordenado pelo Ministério da Cultura. A expectativa é que o Talian seja uma das primeiras línguas inventariadas como referência cultural.

Em 2005, o deputado federal gaúcho Francisco Turra, a partir de um encaminhamento da Federação dos Vênetos do Rio Grande do Sul (FEVENETO), atendendo solicitação da Associação dos Difusores do Talian (ASSODITA), mobilizou-se no sentido de ver reconhecido o Talian, como Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro. No entanto, a impossibilidade legal do tombamento de línguas, ou seja, a ausência de um livro de registros específico para casos como este, inviabilizou a continuidade do processo.

O Rio Grande do Sul possui o talian como patrimônio linguístico aprovado oficialmente no estado, assim como o estado de Santa Catarina. O município de Serafina Corrêa também possui esta língua como co-oficial no município, ao lado do português.

Nedi Terezinha Locateli diz:
O Talian está em processo de reconhecimento como língua de referência cultural brasileira. Quando efetivamente for reconhecido, os municípios onde foi inventariado, serão comunicados pelo MinC porque - como bem cultural reconhecido - fará jus a ações de valorização e salvaguarda da parte do poder público, conforme legislação. O ensino do Talian - como uma ação de valorização - poderá ser tanto formal como informal. Mas terá que estar de acordo com o Plano de Salvaguarda que ainda não foi nem chamado para discussão porque o ato de assinatura do registro do Talian no Patrimônio Imaterial ainda não aconteceu. Tudo indica que acontecerá em novembro, num evento internacional.

Ivanir Signorini diz:
Para ser língua é preciso: 
1) Um povo que fala (somos mais de 500 mil e acho que até milhões que falamos TALIAN);
 2) Dicionários e obras escritas (O TALIAN possui);
 3) Uma gramática (O TALIAN possui); O reconhecimento oficial do Estado (Serafina Correa cooficializou e os Estados do RS e SC o reconhecem como patrimônio imaterial). Logo, o TALIAN é uma língua variante de vêneto.


Outros links relacionados ao Talian:



Caso tenha algo a mais para acrescentar ou discorda de algo comente abaixo desta postagem
Ver toda a postagem/Vedere tutto ››